Segurança da informação nas empresas: como proteger seus dados

“Dados são o novo petróleo”. A frase do matemático londrino Clive Humby vem sendo cada vez mais utilizada para definir a importância dos dados na era da informação. Contudo, ao contrário do petróleo que quando jorra do fundo do mar traz riquezas, dados quando vazam geram enormes prejuízos. Não é à toa que, a segurança da informação nas empresas é uma preocupação para negócios de todos os portes, ainda mais depois que o Brasil passou a figurar como o segundo país que mais sofre ciberataques. Atualmente, mesmo empresas que não se consideravam alvo, sabem que qualquer negócio está sujeito a eles. Dados têm valor para qualquer negócio e, na medida em que a tecnologia evolui, vírus, malwares e hackers contam com estratégias cada vez mais sofisticadas.

Mas como proteger os dados do seu negócio? Como implementar um sistema de segurança de informação na sua empresa? É sobre isso que vamos falar no post de hoje. 

Segurança da informação nas empresas: como funciona?

Para ter uma alta produtividade e conquistar competitividade, a maioria das empresas investe na informatização e sistematização de dados. Hoje, os SaaS (software as as service) e aplicativos são acessíveis. Por isso, negócios de diferentes portes podem contar com recursos que atendam às suas necessidades. 

Se por um lado a tecnologia facilita, por outro, é preciso investir em proteção. Para muitas empresas, seus dados representam verdadeiros ativos. Logo, o vazamento de informações ou destruição de dados pode representar danos irreparáveis. Há um tempo, as empresas acreditavam que estavam seguras realizando backups periódicos e adotando um sistema de antivírus. Hoje, no entanto, para ter seus dados efetivamente protegidos é preciso ir além. 

A segurança da informação nas empresas consiste em um conjunto de medidas integradas e estratégicas que visam a confidencialidade, disponibilidade, autenticidade e legalidade de dados. Em geral, ela é formada por ações complementares que visam a blindagem dos dados.

Segurança da informação nas empresas na prática

Como explicamos, a segurança da informação nas empresas vai além da realização de backups e instalação de firewalls e antivírus. Além de medidas, ela também exige a criação de uma série de boas práticas. Contar com um suporte especializado na hora de blindar os dados do seu negócio pode fazer toda a diferença, já que especialistas são capazes de analisar a segurança de cada dispositivo, bem como, identificar pontos de fragilidade no sistema. 

Para implementar a segurança da informação dentro da sua empresa é fundamental estabelecer algumas ações, tais como:

Analise o grau de proteção dos dados da sua empresa

A maioria das empresas cria um sistema de segurança único para todos os seus dados. No entanto, não são todos os dados que possuem a mesma importância para um negócio. Para criar um sistema de segurança da informação nas empresas que seja efetivo, o primeiro passo é classificar os dados de acordo com a sua relevância. Dados confidenciais, por exemplo, devem contar com dispositivos de segurança máxima. Já dados menos relevantes precisam de menos medidas para se manterem protegidos. 

Classifique a segurança das ferramentas

Muitas vezes a empresa utiliza uma solução (SaaS, aplicativo, Google Workspace ou Microsoft 365, por exemplo) sem saber qual é o grau de segurança que a ferramenta oferece. É fundamental estar ciente das suas responsabilidades, especialmente com relação à segurança de dados, já que esse é um tema sensível para qualquer negócio.

Ao estabelecer um conjunto de medidas de segurança da informação, a empresa deve analisar não apenas os dados, mas também as ferramentas que utiliza no seu dia a dia. Esse tipo de avaliação ajuda na definição de mais ou menos medidas de blindagem conforme o caso. 

Realize a atualização de softwares e ferramentas periodicamente

A maioria das atualizações de softwares e ferramentas tem por objetivo garantir maior segurança. Afinal, na medida em que a tecnologia se desenvolve, os ataques também são aprimorados. 

Atualização de ferramentas e softwares não é apenas um detalhe. É muito comum observar nas empresas a falta de atualização desses recursos. Isso porque alguns colaboradores ou responsáveis têm receio de que o sistema pare e interrompa o trabalho. No entanto, é essencial fazer a atualização de forma periódica, justamente para garantir a proteção. 

Tenha um sistema de controle de acesso

Muitos empreendedores não sabem, mas a violação de dados começa dentro da própria empresa. Em alguns casos, funcionários mal intencionados acabam violando os dados, em outros casos, a base de dados é corrompida justamente por negligência de um colaborador. Para evitar ataques, vírus e malwares é fundamental estabelecer controles de acesso baseados na responsabilidade interna. Em outras palavras, quanto maior a responsabilidade dentro da empresa, maior o acesso aos dados. 

Ter um controle de acesso é fundamental para evitar que dados importantes sejam violados, intencionalmente ou não. Também é essencial para identificar ações de violação de dados dentro da empresa.

Boas práticas de segurança da informação nas empresas 

Todos os funcionários de uma empresa precisam ter consciência a respeito da importância dos dados. Como explicamos, em muitos casos, a violação ocorre pelos próprios colaboradores, ou eles são “usados” como porta de entrada para hackers e malwares. 

É fundamental que o empregado esteja ciente da sua responsabilidade quanto a manipulação de dados, bem como, conheça algumas armadilhas, tais como os e-mails phishing, por exemplo, que veiculam links maliciosos para a invasão do sistema. 

Hoje o trabalho remoto já é uma realidade para a maioria das empresas. Porém, nem todos os funcionários têm consciência dos riscos que utilizar uma rede aberta de wi-fi, por exemplo, pode gerar. Oferecer treinamentos e informação para os seus funcionários, além de educá-los para boas práticas é essencial para evitar problemas futuros. Uma parte significativa da implementação de sistemas de segurança da informação é justamente educar o usuário. 

Na era da informação, dados não são tão escassos quanto o petróleo, mas sim possuem um alto valor. Justamente por isso, é essencial contar com medidas de segurança da informação nas empresas. Não importa o tamanho ou o campo de atuação. Atualmente, todas as empresas possuem dados valiosos que são armazenados em seus sistemas e, justamente por isso, precisam ser protegidos. 

Você tem dúvidas sobre como funciona a segurança da informação nas empresas? Entre em contato com o nosso time de especialistas e saiba mais!  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quinze + dezoito =